Semana Pedagógica 2013 debate construção do movimento de greve

0

Durante a semana pedagógica as escolas receberam visitas dos dirigentes regionais da APP, discutiram os materiais enviados pelo sindicato e a organização da Greve. A partir do dia 18 as escolas receberão panfletos sobre a greve para distribuir aos alunos, pais e comunidade.

Os dirigentes regionais da APP aproveitaram o momento da semana pedagógica, em que a categoria está toda reunida, para realizar visitas nas escolas de todos os municípios de abrangência do Núcleo de Foz do Iguaçu. O objetivo das visitas era informar os educadores sobre o andamento das negociações com o Governo e organizar o calendário de mobilizações em preparação para a Greve que poderá iniciar no dia 13 de março.

Fotos registradas com um celular.

O indicativo de greve foi aprovado na última Assembleia Estadual da categoria, realizada no dia 15 de dezembro, depois de o Governo descumprir compromissos que havia firmado com os educadores durante o ano de 2012: a implementação dos 33% de hora-atividade para 2013 e a reformulação do Plano de Carreira dos Funcionários com o reconhecimento de graduação e pós-graduação.

Além disso, a categoria cobra a criação de um novo Plano de Saúde que substitua o precário SAS (que foi promessa de campanha do Governador Beto Richa), um reajuste de 8,59% para os funcionários, a aplicação do reajuste do Piso Nacional para os professores (7,11%) e um debate democrático sobre Matriz Curricular, uma vez que a SEED, de forma autoritária, impôs uma nova matriz curricular para o Ensino Fundamental diminuindo aulas de algumas disciplinas como Educação Física, Geografia, História e Ciências.

Após inúmeras reuniões de negociação entre sindicato e governo e depois de várias mobilizações e paralisações realizadas pela categoria, chegamos ao final de 2012 com o descumprimento, por parte do governo, de vários acordos que haviam sido firmados com os educadores. Diante desta situação, não restou

Share.

Leave A Reply