Estudantes anunciam boicote à Prova Paraná

0

Teste inventado por Ratinho Junior e Renato Feder para “produzir” índices fictícios na educação está marcado para acontecer nesta terça, 18.

Estudantes da rede estadual anunciaram que irão boicotar a Prova Paraná, prevista para esta terça-feira, 18, em todo o estado. As ações, que têm o apoio da União Paranaense dos Estudantes Secundaristas (UPES) e da APP-Sindicato, reúnem debates e conscientização nas escolas, e o Movimento #BoicoteaProvaParaná nas redes sociais.

Invenção da dupla Ratinho Junior-Renato Feder, governador e empresário-secretário da Educação, o exame é utilizado pelo Governo do Paraná para a obtenção de índices favoráveis à atual política de desmonte da escola pública.

A Prova Paraná gera números artificiais que não representam a realidade da educação paranaense. Com os dados fictícios, o governo faz sua propaganda baseada na meritocracia e esconde o processo de privatização, retirada de direitos e destruição dos fundamentos pedagógicos construídos pelas comunidades escolares e os preceitos consagrados na legislação.

A prova é um elemento de controle, enfatiza a entidade estudantil. “Se depender dos(as) estudantes a Prova Paraná, além de não se consolidar, será novamente um vexame para o secretário de Educação, Renato Feder, que usa a avaliação como um instrumento para tutelar o que é e deve ser estudado em sala de aula”, afirma a UPES, em nota.

De acordo com a entidade, a última etapa da Prova Paraná em 2019 foi um grande fracasso “devido ao boicote dos estudantes, que se recusaram a fazer a avaliação”. Conforme a UPES, cerca de 80% dos estudantes não compareceram às escolas de todo o estado para fazer a prova, considerada uma fraude pela classe estudantil e educadores(as).

Share.

Leave A Reply