Entidades iniciam organização da Marcha das Mulheres em Foz

0

Programação reunirá a agenda local de atividades alusivas ao 8 de março, o Dia Internacional da Mulher.

Representantes de entidades iniciaram a organização da Marcha das Mulheres em Foz do Iguaçu, durante reunião nessa terça-feira, 18. Foi o primeiro encontro de preparação da agenda alusiva ao 8 de março, o Dia Internacional da Mulher.

A intenção é construir a mobilização de forma coletiva, com a ampla participação de entidades do município e de mulheres que atuam em diferentes áreas. A próxima reunião será no dia 27 de fevereiro, no Sindicato dos Servidores Municipais (Sismufi).

Neste ano, conforme definição da reunião, a Marcha das Mulheres acontecerá na manhã de sábado, 7 de março – já que o dia 8 será no domingo. As organizadoras pretendem unificar as várias agendas em defesa dos direitos da mulher e contra a violência de gênero.

Reunião deu início à organização da Marcha das Mulheres em Foz do Iguaçu – foto Divulgação

“No sábado pela manhã, a Marcha das Mulheres terá maiores condições de envolver a população que estará percorrendo o comércio local, bem como as trabalhadoras comerciárias”, explicou Cátia Castro, uma das organizadoras do evento e diretora da APP-Sindicato/Foz.

Cátia Castro: . “A perspectiva é envolvermos mais mulheres e entidades” – foto Marcos Labanca

A organização da agenda do Dia Internacional da Mulher, reforçou Cátia, é aberta para as mulheres e entidades interessadas em participar. “A perspectiva é envolvermos mais mulheres que representam os diversos setores da cidade: mulheres religiosas, estudantes, artistas e de outros segmentos”, exemplificou.

Pautas

As pautas e bandeiras mais específicas da Marcha das Mulheres e a mobilização em torno do Dia Internacional da Mulher serão definidas pelo coletivo nas próximas reuniões. O objetivo é reunir reivindicações e denúncias de âmbito nacional, estadual e municipal.

Dirigentes e integrantes da base da APP-Sindicato/Foz durante a marcha em 2019 – foto Marcos Labanca

Outra definição é que a agenda contará com atividades no decorrer da semana que marca o Dia Internacional da Mulher. Para o encerramento, haverá um ato de memória e justiça por Marielle Franco, no dia 14 de março (sábado). Nessa data, serão dois anos da execução da vereadora e militante social, sem respostas sobre seu assassinato e do motorista Anderson Gomes.

Histórico

Em 2019, a Marcha das Mulheres reuniu cerca de 1.500 participantes. O movimento saiu do Bosque Guarani e percorreu as ruas centrais de Foz do Iguaçu, com ato público na Praça da Paz. Entre as reivindicações, a marcha pediu o fim da violência contra a mulher e o feminicídio, direitos sociais e trabalhistas, e equidade entre mulheres e homens.

Share.

Leave A Reply