Passagem de ônibus aumenta para até R$ 4,20 em Foz. E as(os) agentes educacionais PSS vão pagar do próprio bolso para trabalhar?

0

A notícia de mais um aumento no valor da passagem do transporte coletivo em Foz do Iguaçu causa indignação entre os(as) trabalhadores(as) que utilizam diariamente o transporte, que deveria ser público, mas que por ser privatizado sai bem mais caro para toda a população. O transporte de trabalhadores(as) e estudantes não deveria servir para dar lucro para algumas empresas, mas sim ser um serviço público de qualidade disponibilizado pelo poder público à população.

O aumento da passagem é completamente injusto se considerarmos o valor do salário mínimo, a média salarial de grande parte dos(as) trabalhadores(as) e também a condição dos(as) estudantes(as) e suas famílias para  arcarem com o valor da meia passagem. E, pior ainda, se considerarmos a péssima qualidade: precarização do transporte, a quantidade de linhas insuficientes, etc.

Para avaliar o impacto do aumento ,tomemos por exemplo um segmento de trabalhadoras(as) que faz parte da categoria da educação no Paraná: as(os) Agentes Educacionais I PSS, que são merendeiras, inspetoras, zeladoras das escolas públicas estaduais) e que recebem como remuneração o salário mínimo regional e de auxílio-transporte o valor de R$ 166,63 por mês.

Atualmente, já tiram do próprio bolso para se transportarem até o local de trabalho duas vezes ao dia. Com o aumento, vão ter que desembolsar ainda mais, pois se considerarmos que podem chegar a até 25 dias trabalhados por mês (ida e volta serão 50 passagens, pelo valor de R$ 4,20, gastarão no total R$ 210,00).

Nós usamos esse segmento de servidores(as) públicos da educação(as), que MUITAS VEZES CHAMADOS DE PRIVILEGIADOS, para exemplificar a situação, mas sabemos que esta é a realidade vivenciada pela maioria dos(as) trabalhadores(as) nos centros urbanos.

Governador Ratinho Jr (PSD): respeite os(as) trabalhadores(as) da educação, pois hoje estão pagando para trabalhar! Aumento do auxílio-transporte, já! Isso foi promessa do governo para encerrar a greve dos(as) servidores(as) em 2019.

Prefeito Chico Brasileiro (PSD), do mesmo grupo político do governador: respeite a população que utiliza o transporte público. Não ao aumento da passagem em Foz do Iguaçu!

Share.

Leave A Reply