Nota de Avaliação da APP-FOZ sobre a Greve e Assembleia Estadual

0

A Direção do Núcleo Sindical de Foz do Iguaçu expressa seu desacordo quanto a forma de condução da Assembleia Estadual realizada no último dia 29/04 que definiu pela suspensão da Greve dos Educadores. Compreendemos que num processo democrático, divergentes opiniões são possíveis e todas devem ser garantidas e respeitadas. Contudo, destacamos alguns pontos da Assembleia que certamente prejudicaram um debate honesto e democrático na ocasião.

Após quase quatro anos de negociações com um governo que nunca cumpriu sua palavra e que voltou atrás de compromissos assumidos (mesmo desrespeitando leis que asseguram direitos aos educadores), nossa categoria definiu pela deflagração de uma greve iniciada no dia 23 de abril. Já no primeiro dia paralisado, o Governador Beto Richa chamou a Direção Estadual da APP-SINDICATO e apresentou uma proposta que brincava com a inteligência dos educadores paranaenses.

A imediata recusa daquela, fez com que a Direção do sindicato convocasse o Comando Estadual de Greve, para saber como fora a recepção da proposta pela categoria e definir os rumos da Greve. Nossos dirigentes regionais, que também faziam parte do Comando Estadual de Greve, informaram que todos os relatos dos Dirigentes das demais regionais foram no sentido de que a proposta apresentada era insuficiente, pois não tratava de pontos centrais de nossa pauta (PSS, Educação Especial, Saúde, Reajustes com ganhos reais e propunha a venda da H.A); que a adesão

Share.

Leave A Reply