Educadoras(es) aposentadas(os) ‘velam’ Previdência na Praça do Mitre em Foz

0

Nesta segunda-feira, 2, educadoras(es) aposentadas(os) ‘velaram’ simbolicamente a Previdência. A vigília foi uma forma de manifestação contra o desmonte imposto pelo governador Ratinho Junior (PSD) e sua reforma que tramita na Assembleia Legislativa.

Com o ato, as servidoras(es) também demonstraram apoio e solidariedade a professoras(es), pedagogas(os) e funcionárias(os) que viajam para a manifestação estadual nesta terça-feira, 3, em Curitiba (PR). A mobilização envolverá várias categorias profissionais.

Na Praça do Mitre, as(os) educadoras(es) aposentadas(os) exibiram faixas e acenderam velas para demonstrar contrariedade com a redução de salários e a retirada de benefícios que estão no texto da reforma da Previdência do Paraná.

Se o ataque de Ratinho Junior à Previdência avançar na ALEP, educadoras(es) aposentadas(os) com R$ 3 mil, por exemplo, terão redução de R$ 140 do benefício a partir de janeiro de 2020, devido à alíquota de 14% que o governo quer instituir. Hoje, quem recebe essa remuneração não tem desconto previdenciário.

Educadora aposentada, Roseli Espíndola, de São Miguel do Iguaçu (PR), afirma que a reforma da Previdência vai retirar direito adquirido depois de anos de trabalho.

“Com tantas lutas, conseguimos uma carreira que a gente julgava que fosse um alicerce para a aposentadoria. Hoje, pessoas que não contribuíram para a sociedade como nós, educadoras(es), querem jogar nossas conquistas no ralo”, desabafou Roseli.

A presidenta da APP-Sindicato/Foz, Cátia Castro, explica que o desmonte da Previdência do Paraná não vai poupar ninguém. “Quem está na escola hoje, aposentadas(os) e pensionistas: todos perderão, já no próximo mês de janeiro, se essa reforma passar. É um ataque cruel de Ratinho Junior contra as(os) trabalhadoras(es)”, enfatizou.

Share.

Leave A Reply