Em defesa da democracia: ato público na Praça da Paz, em Foz

0

Movimento acontece em Foz do Iguaçu, nesta sexta-feira à tarde

A direção da APP-Sindicato/Foz convida professores/as, pedagogos/as, funcionários/as de escola e toda a comunidade escolar para participar do ato público em Foz do Iguaçu em defesa dos direitos individuais assegurados na Constituição Federal e da democracia. A manifestação acontece nesta sexta-feira, 6, a partir das 16 horas, na Praça da Paz, na Avenida JK.

A mobilização em todo o Brasil repudia e denuncia o processo judicial seletivo e manipulado que resultou no mandado de prisão do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva. Não buscam justiça os que querem prender Lula, mas sim dar um passo à frente com a ofensiva contra as liberdades democráticas, os direitos sociais e trabalhistas e a soberania nacional.

A seletividade das prisões da Operação Laja Jato e a rapidez da tramitação do processo e julgamento de Lula na Justiça Federal em Porto Alegre (RS) comprovam a parcialidade do Judiciário brasileiro.A decisão da Suprema Corte (STF) de contrariar a Constituição Federal e negar habeas corpus, assim como a pressa do juiz Sérgio Moro para decretar a prisão do ex-presidente mostram que parte da magistratura age como partido político.

Valendo-se de juízes que escolhem lado, Michel Temer (MDB) permanece impune mesmo tendo sido flagrado em conversa comprometedora e reveladora da corrupção endêmica do atual governo, no caso das gravações feitas pelo dono do grupo JBS. Beto Richa (PSDB), ex-governador do Paraná, tem processos arquivados ou que não chegam ao final, também por conta da seletividade do Poder Judiciário.

É necessário fortalecer a organização popular para refrear o avanço das forças conservadoras e reacionárias no país, segmentos que evocam inclusive o autoritarismo, o arbítrio e a ditadura. Só a liberdade e a democracia interessam aos que lutam e sonham em construir uma sociedade mais justa e igualitária.

 

Share.

Leave A Reply