Educadores fazem ato em Foz durante renúncia de Beto Richa

0

Richa transmitiu o cargo nesta sexta-feira para Cida Borghetti

Educadores da base da APP-Sindicato/Foz fizeram ato público em frente ao NRE de Foz do Iguaçu (Núcleo Regional de Educação), nesta sexta-feira, 6, para marcar o momento da renúncia de Beto Richa (PSDB) ao cargo de governador do Paraná. Richa transferiu o cargo para Cida Borghetti (PP), em solenidade realizada nesta manhã, no Palácio Iguaçu, em Curitiba.

Educadores

Data simbólica: 6 de abril de 2018 marca o fim do Governo Richa 

Os servidores fixaram faixas na sede do órgão educacional, distribuíram informativo e conversaram com a população sobre os motivos do ato, denominado “Richa nunca mais!”. Os educadores soltaram fogos de artifício no momento em que o ex-governador fez a transmissão de cargo. O movimento ainda aconteceu na Capital do Estado e em cidades do interior.

Principais antagonistas do Governo Richa, os educadores consideram a gestão tucana como uma das piores administrações que o Paraná já teve. A categoria responsabiliza Beto Richa pela violência contra os servidores em 29 de abril de 2015, durante a repressão ao movimento de greve, que feriu mais de 200 pessoas, na praça perto da sede do Governo do Estado.

Cátia Castro: "Beto Richa entra para história como pior governo para a educação"

Cátia Castro: “Beto Richa entra para história como pior governo para a educação”

“Beto Richa sai do cargo para entrar para a história como o pior governo para a educação pública do Paraná”, enfatiza Cátia Castro, presidenta da APP-Sindicato/Foz. “Será lembrado pela violência contra os educadores, pelo confisco do fundo de aposentadoria e pela retirada de direitos, pelas salas superlotadas e pelo fechamento de escolas e turmas”, frisa.

Aumento de preços

Conforme o secretário executivo de Saúde e Previdência da APP-Sindicato/Foz, Silvio Borges, em pouco mais de sete anos no cargo, Beto Richa acumulou medidas que prejudicaram o funcionalismo público estadual e a população do Paraná de modo geral. Ele cita o chamado “pacotaço” de 2014, que aumentou impostos de mais de 90 mil produtos.

Silvio Borges:

Silvio Borges:

“A medida tomada por Beto Richa para fazer caixa penalizou todos os paranaenses, principalmente os trabalhadores com renda mais baixa. Passamos a pagar mais caro pela alimentação e as tarifas públicas”, destaca Silvio Borges. “Richa aumentou o IPVA, o imposto dos veículos, em cerca de 30% do valor do tributo, sem apresentar benefícios para a população”, expõe.

Protesto estadual

Neste sábado, 7, entidades sindicais e organizações sociais realizam ato estadual em Curitiba, dentro da agenda que marca a transição política e administrativa no Estado. Educadores de Foz do Iguaçu e das cidades da região participam da manifestação, que terá panfletagem, passeata e outras atividades na região da Boca Maldita.

Share.

Leave A Reply